Saiba mais sobre reprodução humana assistida

Vamos falar um pouco mais sobre a reprodução humana assistida? Este é o nome dado a um conjunto de tratamentos que podem ajudar as pacientes a engravidar sem, necessariamente, ter relações sexuais. 

Hoje em dia existe uma grande variedade de tratamentos e o profissional especialista nesta área poderá indicar o melhor para cada casal. Dentre as principais opções indicadas pela Dra. Tânia Schupp estão: 

  • Inseminação intra-uterina (IIU)
  • Fertilização in vitro (FIV)
  • FIV com injeção intracitoplasmática de espermatozóide (ICSI)
  • Uso de doador de sêmen (inseminação de doador) ou óvulos (doação de óvulos).

Sabemos que um casal sem nenhum fator limitante para engravidar, tendo relações sexuais regulares (aproximadamente 3 vezes por semana) tem cerca de 25% de chance de conceber a cada mês. Após, no máxima, um ano de tentativas, 85% dos casais conseguem obter uma gestação. 

Contudo, muitos casais não conseguem alcançar uma gestação, e é aí que entra a reprodução humana assistida. É importante ressaltar que a escolha do melhor tratamento dependerá da causa e da duração da infertilidade, bem como da idade da mulher.

Quando é necessário partir para a reprodução humana assistida?

É recomendado que o casal com mais de 30 anos e que não consegue engravidar depois de um ano de tentativas procure um especialista na área. 

Uma vez realizado todos os exames necessários, recomenda-se a reprodução humana assistida se o número de espermatozoides do homem está nulo ou muito baixo ou quando, nas mulheres, há problemas persistentes na ovulação ou trompas obstruídas.

Quando há suspeita de infertilidade conjugal, a Dra. Tânia Schupp indica os seguintes exames:

  • Dosagem de hormônios no homem e na mulher;
  • Análise da ovulação, do útero e das trompas, para mulheres;
  • Espermograma, para os homens.

Vale ainda salientar que, antes mesmo de indicar qualquer método de reprodução humana assistida, é que o especialista recomende medidas prévias, como uso de medicamentos e suplementos e mudanças no estilo de vida.

Se você quer saber mais sobre reprodução humana assistida ou procura um profissional da área, entre em contato com a Dra. Tânia Schupp!

Próximo Posts