Acompanhamento de parto e puerpério

O obstetra é o profissional responsável pelo acompanhamento da gestação, parto e puerpério. Com a assistência adequada é possível detectar precocemente anormalidades e algumas complicações, evitando o agravamento de doenças e contribuindo para a redução da mortalidade materna e infantil. 

A presença de um obstetra para acompanhar a gestação é essencial. É ele que sabe o que é melhor para a mulher e para a criança, esclarecendo as mães sobre riscos e benefícios de cada procedimento.

É o obstetra que deve dizer para a mulher a data provável do parto e aconselhá-la sobre o melhor parto para cada caso, como o parto natural, vaginal ou a cesária.

Também é função do obstetra esclarecer todas as dúvidas da mulher em relação à gravidez, parto e maternidade. Normalmente, a primeira consulta da mulher após o parto ocorre cerca de 10 dias após de nascimento do bebê, quando o obstetra que a acompanhou durante a gravidez irá avaliar a recuperação depois do parto e o seu estado de saúde em geral.


É fundamental que ele acompanhe a mulher até pelo menos 6 semanas após o nascimento do bebê, verificando a saúde da mãe, estando atento a alguns problemas, como anemia, infecção urinária, pressão alta, diabetes, problemas na tireoide e trombose, além de avaliar a amamentação e a recuperação da vagina, em caso de parto normal, e dos pontos da cirurgia, em caso de cesariana.

Além disso, o obstetra também observa o estado emocional da mãe e diagnosticar casos de depressão pós-parto, quando é necessário acompanhamento de psicoterapia.

Blog e Artigos