Partos normal, humanizado e cesariana

A escolha do parto é algo que passa pela cabeça da maioria das mulheres quando descobre a gravidez. Algumas já têm a ideia formada de como querem que seu filho venha ao mundo, mas muitas seguem com dúvidas até a metade da gestação.

Entretanto, a escolha do parto deve ser feita de acordo com avaliação médica e o entendimento da paciente. Por isto, é de extrema importância realizar o pré-natal que fornecerá as informações sobre a saúde da mãe e do bebê.

Muitas vezes, essa escolha não depende da mulher, pois também é importante levar em conta como está a saúde do bebê e o seu desenvolvimento durante a gestação. Basicamente existem três tipos de parto, o normal, o humanizado e a cesárea.


<br />
<b>Notice</b>:  Trying to access array offset on value of type bool in <b>C:\Inetpub\vhosts\drmarcel.com.br\schupp.com.br\wp-content\themes\TemplateDraTania\page-final.php</b> on line <b>26</b><br />

Parto normal

Também conhecido como parto vaginal, ele não consiste apenas no nascimento do bebê, mas em todo o processo que ele leva, como o trabalho de parto, as contrações, a ruptura da bolsa até a episiotomia (corte realizado no períneo).

As contrações são as responsáveis pelas dores e o intervalo entre elas diminui conforme a dilatação aumenta, até chegar a hora do parto. Uma boa dilatação está entre 10 e 12 cm de diâmetro. 

Atualmente, é possível fazer um parto normal com anestesia e há duas opções: a peridural e a raque. A recuperação do parto normal é bastante rápida e quase sem dor, o que ajuda a mãe nos primeiros cuidados com o bebê. 

 

Parto humanizado

O parto humanizado é aquele que respeita o tempo de nascimento do bebê, sem nenhuma intervenção médica, e às vezes é até feito em casa. A ideia é que a mãe tenha contato imediato com o bebê para confortá-lo após o nascimento.

 

Parto cesárea

É a forma cirúrgica do nascimento do bebê, no qual a extração fetal é feita por via abdominal. Normalmente, utiliza-se a anestesia raque ou a peridural, mas em casos excepcionais, é necessária anestesia geral. 

Blog e Artigos